Protetor solar para o rosto | Tem que usar todos os dias

Protetor solar para o rosto é um artigo bem caro no Brasil. Mesmo caro, é um item obrigatório para toda mulher e, na verdade, os homens também deveriam se preocupar.  Não dá pra sair de casa sem um protetor solar bom no rosto, pois o sol ou mesmo a luz do escritório queimam e deixam manchinhas desagradáveis no rosto. Aí a solução é o peeling ou tratamento a laser para tirar as manchinhas, o que é caro, doloroso e você fica dias com a pele com casquinha e descamando!

Eu passo protetor solar todos os dias, mas confesso que, na correria do dia-a-dia, esqueço de reaplicar várias vezes ao dia, o que é necessário. Passar uma vez de manhã, antes de sair, é insuficiente.

Uma das coisas desagradáveis para mim em se tratando de protetor solar para o rosto é ficar com a pele brilhando. A tecnologia evolui a cada ano, trazendo novos produtos, multifuncionais, com ingredientes anti-envelhecimento, vitaminas e até uma cobertura leve de base. Podemos dizer que existe uma “convergência” também nos produtos de beleza! rsrsrsrs… Bate até uma dúvida: compro um BB Cream ou Tinted Mosturizer que tem fator de proteção solar ou um protetor solar com cor, que mascara pequenas imperfeições?

Eu já usei o Anthelios Fluide (o antigo Helioblock) com cor da La Roche-Posay e não achei muita diferença pelo fato de ter cor. Existem outras opções com cor que tem maior cobertura (já usei uma amostra grátis da Heliocare), mas eu prefiro buscar um bom protetor solar e usar outro produto específico para cobertura por cima ou um BB Cream com FPS 30, se não for ficar exposta diretamente ao sol. Bom, voltando ao tema brilho, existem algumas opções com menor ou nenhum brilho no mercado, o que é uma maravilha!

Como tenho a pele mista, há anos uso o Anthelios Fluide FPS 60 da La Roche-Posay. A versão do produto mais antiga tinha um acabamento com brilho no rosto e mesmo a versão com cor, deixava o meu rosto meio brilhante. Comprei sem perceber o ano passado em Nova York, um produto que diz ter um acabamento matte (opaco), o Anthelios 60 Ultra Light Sunscreen Fluid, Matte finish for face (normal to combination skin) for outdoor / beach use.  Só fui perceber quando usei e senti um toque seco e quando olhei no espelho, brilho zero! Adorei o produto. Procurei na farmácia aqui no Brasil e vi que tem um produto que diz “toque seco”, o Anthelios XL AC Fluide FPS 60. Deve ter o mesmo acabamento. Entrei no site brasileiro e americano para comparar os 2 produtos e existem alguns ingredientes diferentes. Além do mais,  o americano diz resistir à praia, enquanto o brasileiro não diz nada. Os 2 dizem ter acabamento “seco”.

Outro produto que comprei na minha temporada em Madri, foi o protetor Heliocare Gel SPF 50. Tem SPF 90 também. Ganhei uma miniatura amostra grátis da minha irmã que é dermatologista e gostei. Tem pouco brilho e é um ótimo produto. Mas infelizmente, comprar no Brasil não dá: custa R$134,00 contra uns 25 euros que paguei na Espanha. O Anthelios também foi indicação da minha irmã e é um caro pagável no Brasil – custa uns R$65,00, metade do preço do Heliocare.

Assim, recomendo o Anthelios para quem vai comprar o protetor no Brasil.

Sites:

 

Veja também: