Japão | A terra do sol nascente

Desde que comecei este blog, tinha a intenção de escrever sobre dicas de viagem para o Japão. Em 2010, fiz uma viagem incrível com a minha mãe e contei com dicas preciosas de uma amiga, que é filha de japoneses, morou alguns anos na Ásia e foi muitas vezes de visita ao Japão. Coincidentemente, neste exato momento, ela se encontra no Japão, a passeio com a sua mãe.

A ajuda dela me poupou muito tempo de planejamento, economizou tempo nos deslocamentos entre pontos turísticos e cidades e me safou de vários perrengues!

Mesmo assim, na hora você acaba enfrentando outros perrengues, que servem de dicas a outras pessoas que querem se aventurar por este país lindo, com hábitos e culturas muito diferentes dos nossos, em uma viagem, sem dúvida inesquecível.

Vou ter que dividir o tema em diversos posts, pois é muita informação para um post único.

Conheço alguns brasileiros que estão indo para o Mundial do Japão, prestigiar o Corinthians e algumas dicas podem ser úteis.

Este post é dedicado a dicas gerais na fase de planejamento da viagem.

#1 Devo ir de pacote ou por conta própria?

A resposta é depende. O Japão pode intimidar pelo idioma tão distinto. Não é todo mundo que fala inglês. Aliás, pela minha experiência, poucos falam ou conseguem se comunicar em inglês. O sotaque é, na maioria das vezes, incompreensível! Eu falo quase nada de japonês, compreendo o básico e sou fluente em inglês. Cheguei a pedir para falar em japonês, porque não conseguia entender o inglês da recepcionista da Tokyo Tower e entendi melhor!

Se você é um viajante experiente, que já enfrentou perrengues em viagens ou fala japonês, vá por conta própria. Infinitamente, melhor. Você é dono do seu tempo, escolhe para onde quer ir e consegue ver muito mais coisas do que em uma excursão. Na ponta do lápis, sai mais barato ou o preço do pacote. No meu caso, gastei praticamente a metade porque tinha milhas para as passagens e fiz muito mais coisas que o itinerário dos pacotes disponíveis.

A única coisa é que você vai ter que fazer a lição de casa antes de ir: pesquisar os lugares para decidir o que quer ver, escolher e reservar os hotéis, comprar o passe de trem, montar o seu itinerário. Afinal, você é seu próprio agente de viagens. Além do mais, durante a viagem, você também é seu próprio guia. Não é como no pacote, que você vai com o corpo e o guia te leva, sem que você se preocupe com nada.

#2 Devo alugar um carro?

Não. Viajar de carro no Japão não vale a pena. Vai ser um transtorno estacionar o carro e os meios de transportes são ótimos e pontuais! Entre cidades, melhor ir de trem bala, o Shinkansen. As passagens aéreas domésticas são caríssimas e não vale a pena conhecer o Japão pegando avião entre as cidades.

#3 Onde compro as passagens de trem?

O trem bala no Japão é bem caro, até mesmo para os japoneses. O visitante estrangeiro tem direito um passe de trem, com viagens ilimitadas pelo período do passe comprado, a um preço bem mais barato. Você consegue usar o passe em trens internos, dentro da cidade de Tokyo também! O passe de trem deve ser adquirido no país de origem, ou seja, no nosso caso, aqui no Brasil. Não adianta, que você não vai conseguir este passe lá no Japão.

No bairro da Liberdade, em São Paulo, existem algumas agências especializadas em Japão, que vendem este passe (vou listar algumas no final). Vale a pena consultar mais de uma, pois pode haver diferença de preço pelo câmbio praticado. As opções de passe são de 7, 14 ou 21 dias. Tem passe comum e 1a classe. Eu usei o passe comum e o trem é super confortável. O prazo começa a correr, depois que você valida o seu passe lá no Japão. Vou dedicar um post a utilização do trem, pois para os desavisados, pode ser complexo.

#4 Que tipo de hotel devo ficar?

Se você vai por conta própria, vale a dica da minha amiga, que foi crucial para a minha experiência: ficar em hotéis próximos as estações de trem. Super prático e conveniente, pois você sai da estação com a mala e vai caminhando para o hotel e vice-versa. Vou escrever um post com dicas de hotel.

#5 Eu viajo com muita bagagem, como vou fazer para ir de trem?

Uma das melhores coisas para o turista no Japão, é um sistema super eficiente, que despacha a sua mala de hotel para hotel, e você viaja de trem com uma mala pequena! Eu super usei e aprovei! O serviço se chama Takkyubin. Você chega na recepção do hotel e pede pelo serviço. Preenche um form com o endereço do hotel para onde a mala vai ser levada e paga. Em 2010 eu pagava por 2 malas uns US$45. Vale a pena, porque carregar mala no trem, ninguém merece!

Fique atento, pois se a distância for longa, tipo de Tokyo até mais ao sul da ilha, pode demorar umas 48 horas para chegar a mala e se você vai passar só um dia na cidade destino e ir para outra, é melhor levar na mala que você leva consigo (recomendável uma pequena ou mesmo de mão) a roupa para 1 dia e despachar a mala via Takkyubin, para o destino seguinte e não o próximo. Fiz isso e as minhas malas chegaram um dia antes da minha chegada no hotel de Hiroshima e não tive problema algum! Elas estavam lá, guardadinhas, quando eu cheguei. Amo esse serviço!

#6 Preciso de visto para ir ao Japão?

Sim e o visto serve apenas para uma entrada. Se você vai viajar para outro país na mesma viagem (por exemplo a China ou a Coréia) e retornar ao Japão para embarcar de volta para o Brasil, vai precisar solicitar um visto de múltiplas entradas e justificar o porquê.

#7 A comida é cara?

Bom, pra quem mora em São Paulo ou Rio, onde a comida é cara, não vai estranhar. Em 2010, achei bem parecido com aqui. Claro, que não fui a restaurantes chiques. Para ganhar tempo, escolhia um restaurante com a cara boa, onde eu estava na hora da refeição. Não gastava tempo me locomovendo a um restaurante específico. Quando estava muito cansada, comprava algo para comer na parte de comida (subsolo) das lojas de departamentos e comia no quarto do hotel. No final do dia, eles fazem liquidação dos alimentos, para não jogar fora.

Bom, as dicas gerais são essas. Aguardem outros posts sobre o Japão. Confiram as minhas fotos no Flickr. Vou deixar o link abaixo! 🙂

Agências de viagem

Vendem pacotes e os passes de trem do Shinkansen.

Alfainter Turismo
Rua Américo de Campos , 47 A
Liberdade – São Paulo – SP
Tel: (11) 2187-8989
site
passes de trem

Tunibra Travel
Praça da Liberdade, 170
Liberdade – São Paulo – SP
Tel: (11) 3346-8200
site

Consulados do Japão

Brasília
Embaixada do Japão
SES Avenida das Nações, Quadra 811, Lote 39
Tel: (55-61) 3442-4200
http://www.br.emb-japan.go.jp/nihongo/index.html

São Paulo
Consulado Geral do Japão
Avenida Paulista 854, 3-andar
Tel: (55-11) 3254-0100
http://www.sp.br.emb-japan.go.jp/jp/index.htm

Rio de Janeiro
Consulado Geral do Japão
Praia do Flamengo, 200-10 andar
Tel: (55-21) 3461-9595
http://www.rio.br.emb-japan.go.jp/

Curitiba
Consulado Geral do Japão
Rua Marechal Deodoro, 630-18andar
Tel: (55-41) 3322-4919
http://www.curitiba.br.emb-japan.go.jp/

Porto Alegre
Escritório Consular do Japão
Av. João Obino, 467 Petrópolis
Tel: (55-51) 3334-1299, 3334-1135

Recife
Escritório Consular do Japão
Rua Padre Carapuceiro, 733, 14º andar, Edf. Empresarial Center I, Boa Viagem
Tel: (55-81)3207-0190

Belém
Consulado Geral do Japão
Avenida Magalhaes Barata, 651, Edifício Belem Office Center, 7 andar
Tel: (55-91) 3249-3344
http://www.belem.br.emb-japan.go.jp/pt/

Manaus
Consulado Geral do Japão
Rua Fortaleza, 416-Bairro Adrianopolis
Tel: (55-92) 3232-2000
http://www.manaus.br.emb-japan.go.jp/

Meu Flickr

Veja também: